O que fazer em Pirenópolis

Pirenópolis é uma cidade no interior do Goiás, próximo à Goiânia e à Anápolis, que abriga uma beleza natural peculiar do cerrado no centro oeste do país bem como belíssimas cachoeiras e rios.

Com uma população de pouco mais de 22 mil habitantes, Pirenópolis é um município histórico com ruas de calçamento de pedrinhas, edificações no estilo antigo, sotaque bem interiorano e um acolhimento bem peculiar do pessoal do interior. Para quem conhece Parati no Rio de Janeiro ou Ouro Preto em Minas Gerais, Pirenópolis é mais uma versão de cidade no mesmo estilo.

Pirenópolis, Goias
Ruas de Pirenópolis

A principal economia é o turismo recebendo pessoas de varias lugares. As maneiras de se chegar à cidade podem ser partindo de Goiânia onde tem aeroporto e dista 120km com aproximadamente 2h de duração ou de Brasília que dista 150 km com aproximadamente 2h30min de carro.

É muito comum ver grupos de motociclistas irem para passar o fim de semana uma vez que as estradas são boas, quase não chove na região e é um passeio muito agradável.

Vejam também um passeio por Gramado no Rio Grande do Sul 

Cachoeiras de Pirenópolis

Com uma rápida pesquisa na internet podemos ver que há pelo menos 15 cachoeiras espalhadas pela charmosa cidade. Os hotéis são em menor número e tudo tem aquele aspecto de pousada bem no estilo caseiro.

Além das cachoeiras, Pirenópolis também possui mais de 100 córregos, 20 ribeirões, 9 rios 25 serras e 15 morros. Números aproximados retirados em pesquisas na internet mas o moradores de lá garantem até ter mais.

Quando fui saí de Anápolis então não fiquei hospedado por lá mas visitei duas cachoeiras diferentes. A primeira foi a Cachoeira do Rosário onde você pode passar o dia desfrutando da natureza descansando.

A outra foi a Cachoeira do Abade que também possui excelente estrutura para ficar o dia inteiro além de ter uma trilha um pouco maior do que a do Rosário com mirantes espalhado ao longo do caminho onde a parada é obrigatória para apreciar o visual.

Cachoeira do Rosário

cachoeira do rosário em Pirenópolis, goias
cachoeira do Rosário

Fica a 100 km de Anápolis e 160km de Goiânia. Para chegar lá pega-se uma rodovia BR e depois mais 17 km de estrada de terra. Atenção, a estrada de terra tem trechos difíceis de transpor, no entanto mesmo os carros pequenos é possível chegar lá com um pouco de paciência. Eu mesmo estava em um Fiat Uno.

É necessário fazer reserva antecipada no site www.cachoeiradorosario.com.br, pois a capacidade é de apenas 70 pessoas na estrutura. O valor do ingresso é de R$ 45,00 sem almoço ou R$ 90,00 com almoço à vontade incluído além de petiscos como torresmos e lascas de batata e mandioca fritos. A comida é feita em fogão à lenha.

Fogão a lenha
A comida vai ficar pronta já já!

A estrutura tem um excelente banheiro, um restaurante e uma área verde com bastante rede espalhada para poder descansar a vontade seja antes ou após uma Cachoeira. A trilha possui extensão de aproximadamente 1400 metros, toda calçada por pedras ou madeira.

O caminho passa por um pequeno mirante, uma piscina natural, pela cachoeira Encantada sendo a  última a maior de todas a Cachoeira do Rosário.

piscinas naturais, Pirenópolis

Por tras da cachoeira do Rosário tem um santuário de Pedras. Além de poder ver por trás da queda d’água, ainda pode ver vários totens e uma estatueta. É um lugar ideal para quem gosta de meditar.

cachoeira do rosário

O ideal é chegar cedo, aproveitar a natureza, almoçar e descansar um pouco nas redes para no fim da tarde pegar a estrada e volta bem tranquilo e relaxado. Lembro também que não pega sinal de celular mas no restaurante eles têm um Wi-Fi que permite se comunicar pelos aplicativos de comunicação como WhatsApp.

Vejam também uma viagem à Ilha de Malta

Lugar para descansar na cachoeira do rosário em Pirenópolis
Área de descanso com redes

O lugar também é de fácil acesso para crianças e idosos.

Cacheira do Abade

cachoeira do abade em Pirenópolis
A recepção está pronta para recebê-lo

A Cachoeira do Abade fica a 80 km e 1h30min de carro partindo de Anápolis e 140km e 2h44min de carro partindo de Goiânia. Pega-se a GO-338 e BR-414 para chegar até lá e depois mais uns 17km de estrada de chão. A capacidade que o local comporta é bem mais que 70 pessoas por ter varias cachoeiras e uma trilha de 2,4 km.

O ingresso custa R$ 30,00 para ir direto à Cachoeira principal pela trilha do Abade de aproximadamente 500 metros ou R$ 40,00 para fazer a trilha do Vale de 2,4km passando por 6 mirantes com destaque para um mirante de 80 metros de altura com vista panorâmica, piscinas naturais e 4 cachoeiras. Vale muito a pena fazer o caminho maior e aproveitar tudo o que o local oferece.

mirante
Um dos vários mirantes disponíveis durante a trilha

A trilha é toda calçada com pedras e os mirantes todos têm bancos para sentar e uma área com excelente estrutura para tirar fotos e apreciar o visual. Como já citei, o caminho é todo calçado não exigindo esforço nenhum para percorrê-lo.

trilhas em Pirenópolis

O visual do cerrado é peculiar e tem uma beleza singular que impressiona em sua grandeza. Quando fui não levei o drone mas para quem tem, aconselho fortemente levar e fazer excelentes imagens.

Logo na primeira piscina natural pude perceber o quanto legal seria todo o passeio. A piscina natural da foto abaixo tem uma profundidade de aproximadamente mais de 2 metros dentro da pedra. As pessoas saltam para dentro dela nesse pequeno espaço sem problema nenhum.

Seguindo mais um pouco e após alguns mirantes, chega-se a uma piscina natural com uma pequena Cachoeira chamada de Cachoeira do Sossego que provém de outras pequenas queda de água formando um visual muito bonito. É um excelente local para passar algumas horas tomando banho, recebendo massagem da queda d’água e tirando fotos. Atenção para a água gelada.

cachoeira do sossego, Pirenópolis Goiás

Continuando o passeio há uma ponte de madeira e correntes de aproximadamente 80 metros bem interessante. Liga um ponto a outro por cima das quedas d’água e só pode passar dois por vez por segurança. É um excelente lugar para tirar fotos, abuse do seu tempo por lá e aproveite.

Mais à frente existe mais uma Cachoeira com outra piscina natural muito boa, porem o sol não bate tanto por lá o que torna menos atrativa. Para aqueles que querem ficar isolados meditando, está é a melhor Cachoeira.

ponte sobre rio em Pirenópolis

Por fim, chega-se à Cachoeira principal chamada de Abade. Está é maior de todas daquela área possuindo uma faixa de areia e uma imensa piscina natural. Comporta facilmente mais de 40 pessoas ao mesmo tempo. A queda d’água cai direto sem interrupções de pedras o que faz ter uma força enorme e caso queira aquela massagem da Cachoeira, é bom tomar cuidado.

Também é um lugar propício para família podendo levar crianças e idosos para aproveitar o passeio. Leve água para beber no caminho, pois o calor é intenso e você não vai achar bebedouros. Claro que o passeio pode ser acelerado e chegar ao restaurante no caso de sentir sede ou fome mas o ideal é aproveitar o máximo cada pedacinho que o local oferece.

cachoeira do abade Pirenópolis Goiás

No fim também há um restaurante e redes para descansar. A comida é paga à parte do ingresso e pode ser paga com cartão de credito. A entrada deve ser paga em dinheiro. Aproveite o dia e no fim do passeio descanse para pegar a estrada de retorno.

Conclusão

A cidade de Pirenópolis fica na região do cerrado no centro oeste e oferece varias atrações e o chame como qualquer cidade histórica mas também uma ecoaventura por trilhas e cachoeiras. É um excelente lugar para passar um final de semana ou parte das férias. Tem excelente estrutura na maioria das cachoeiras e trilhas sendo possível levar crianças e idosos sem sacrifício.

Os valores de hospedagem e alimentação não são altos podendo realizar refeições por menos de R$ 20,00 em self services.

Já visitou Pirenópolis e suas cachoeiras? Tem algo a acrescentar e ajudar aos que ainda vão visitar a cidade e procuram o que fazer? Deixe seus comentários abaixo.

Tem muito mais fotos no Instagram, acompanhe por lá as novidades!

Nos vemos por aí…

2 comentários em “O que fazer em Pirenópolis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.